Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Chirs Weitz’

Com um novo diretor, novos membros no elenco e todo um novo conceito artístico, Lua Nova promete ser um filme mais maduro e mais carregado de emoções que Twilight. Nós batemos um papo com Kristen Stewart e Robert Pattinson, os astros do tão aguardado romance vampiresco, e também com Chris Weitz, o segundo diretor da saga Twilight. Saiba o que eles nos disseram lendo abaixo.

Sobre a preparação para New Moon:
Pattinson¹: … assim que terminei Twilight eu sabia o que teria de fazer e eu sabia que teria muito trabalho pela frente. Digo, ganhar 14Kg. Eu mantive o foco e tudo se saiu bem.

Sobre os fãs na Comic Con:
Stewart: Eu sabia o que esperar dessa vez então eu estava muito menos surpresa. Quando eu apareço nesses lugares eu sempre fico um tanto acabada. Nesse caso eu estava pronta para isso. Eu acho que até exagerei. Eu estava realmente cansada.

Pattinson: Nós vimos tudo que há para se ver com eses fãs durante o último ano, então esperavamos de tudo. E foi ótimo estar com eles novamente e mostrar a eles os dois novos clipes.

Sobre o Romance do filme:
Stewart: O romance era provavelmente a única coisa que poderia trazer essa garota para fora da depressão. Digo, dessa depressão tão profunda. Nesse filme você não fica apenas triste, é como se você morresse.

Sobre os desafios de se adaptar o livro:
Weitz: Em termos visuais, eu considerei combinar um senso de… No último filme que fiz [A bússola dourada] tudo era ambientado num universo paralelo, então pude fazer qualquer coisa que quisesse. Nós meio que tivemos a chance de reinventar a roda. Esse filme é ambientado em um lugar muito específico, de certa forma em um tipo de lugar prosaico; que já havia sido estabelecido. No entanto, com alguns saltos de fantasia e maturidade… Para ser honesto, muito disso foi graças a contratação de David Brisbin, que é um gênio em design de produção e um diretor de fotografia que captura coisas em um modo luxuriante e lindo. Muito disso foi pegar um mundo que já está estabelecido e trazer algumas coisas novas para ele.

Sobre a visão dos lobisomens do filme:
Weitz: Bem, nós queriamos que eles se parecessem com lobos, mas lobos bem grandões. Uma vez que tomamos essa decisão crucial, não precisamos gastar muito tempo em pesquisa e desenvolvimento. Os designers começaram a desenhar o que eles usualmente fazem para monstros. Muito disso foi bastante detalhado, como os pelos, os músculos, a gordura debaixo do pelo, a forma como se movimentam sob a luz, então isso sim demorou bastante. Nós tivemos uma grande vantagem nisso por trabalhar com o Phil Tippet Studios e o próprio Phil Tippet, que é um dos maiores artistas de efeitos visuais do mundo.

Sobre ser o novo diretor:
Weitz: O que apresentamos em Lua Nova é bastante diferente do que apresentamos em Crepúsculo. Eu acho que eu sou bastante conservador nas minhas referências cinematográficas e no que uso como recurso para compor as cenas, na maneira como a câmera se move, na quantidade de cores que quero extrair das coisas, então isso influencia no tipo de pessoas que eu contrato para a equipe… Eu não estou focando em coisas contemporâneas, porque elas já estão lá, os personagens são contemporâneos, a música é contemporânea, mas os sentimentos são eternos.

Sobre o terceiro filme, Eclipse:
Stewart: É bem legal porque estamos interpretando os mesmos personagens então podemos desenvolvê-los e nos aprofundarmos nas suas almas.

Sobre o que foi aprendido com o filme anterior:
Weitz: Pelo menos uma coisa, eu tenho um elenco maravilhoso, que é o meu maior recurso. Porque quando me foi oferecido o filme, eu ainda não havia lido os livros, e uma vez que o fiz, eu vi que existia esse tipo de corrente de espera e romance. Eu herdei uma base de fãs enorme, o que é incrível para um diretor, porque você sabe que as pessoas irão assistir ao filme. Isso é a principal preocupação que você tem quando faz um filme, porque isso é tão caro e você trabalha tão duro e faz outras pessoas trabalharem tão duramente. Então saber que as pessoas irão ver o filme é um alívio enorme.

Sobre as mudanças na maquiagem dos vampiros:
Weitz: Há mais consistência entre as cenas, para ser franco em relação a isso. Toda a coisa tem uma visão diferente porque há toda uma nova leva de vampiros reunida. A pele brilhante que estamos refazendo, vai ficar muito maneira.

Fonte: Foforks

Anúncios

Read Full Post »